Início Mundo Trump provoca risos por erros históricos em discurso de 4 de Julho

Trump provoca risos por erros históricos em discurso de 4 de Julho

por Portal Click Política




Presidente disse que exército dos EUA ‘tomou o controle dos aeroportos’ ao falar de batalha ocorrida em 1775, e citou batalha da guerra anglo-americana ao falar da independência. Ele culpou teleprompter quebrado pelos erros. O presidente dos EUA, Donald Trump, discursa durante a ‘Saudação à América’, no Lincoln Memorial, em Washington DC, no dia 4 de julho
Sarah Silbiger/Getty Images/AFP
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, provocou risadas de seus críticos ao afirmar, durante seu discurso pela festa nacional do 4 de Julho na noite de quinta-feira (4), que o Exército americano havia conseguido “tomar o controle dos aeroportos” contra os britânicos… em 1775.
Diante de milhares de pessoas reunidas para um show de uma escala sem precedentes, ao som de sobrevoos de aviões militares, o presidente republicano pronunciou um discurso em grande parte apolítico por cerca de uma hora, tentando evitar os improvisos tão celebrados por seus partidários.
Remontando a “junho de 1775”, Trump falou das batalhas travadas pelas tropas das colônias americanas: “Nosso Exército derrubou as muralhas, tomou o controle dos aeroportos, fez tudo o que tinha de fazer”.
Curiosamente, no mesmo discurso, citou a façanha dos irmãos Wright, pioneiros da aviação americana que fizeram o primeiro voo motorizado em 1903.
Ouvintes atentos a seu discurso apontaram outro erro nesse mesmo trecho, quando Trump citou a batalha pelo controle de Fort McHenry, ocorrida durante a guerra anglo-americana (1812-1815), e não na guerra da Independência.
Nesta sexta, Trump justificou os erros históricos por problemas no teleprompter. “Estava debaixo de chuva, e o teleprompter apagou (…) Estava quebrado”, respondeu à imprensa, ao ser questionado sobre o assunto.
“Não é simples quando você está diante de milhões e milhões de pessoas na televisão”, alegou, nos jardins da Casa Branca.
“Imagino que a chuva tenha danificado o teleprompter, mas eu sabia muito bem o discurso e consegui fazer sem ele”, acrescentou.
“Apesar da chuva, foi uma noite fabulosa”, completou, destacando que “muita gente”, estimulada pela cerimônia, “vai ingressar nas Forças Armadas”.
O 4 de Julho marca o Dia da Independência, durante o qual, em 1776, treze colônias britânicas fundaram os Estados Unidos da América.
Todos os anos, milhares de pessoas se reúnem para celebrar esse aniversário nos enormes jardins do National Mall, a grande esplanada de Washington, cercada de museus e de monumentos oficiais.
Desta vez, Trump pronunciou um discurso em “homenagem aos Estados Unidos” e seu Exército, intercalado com marcha militar e o voo de aviões de combate.

Deixe seu Comentário

Você também pode gostar

Deixe o Comentário

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência em anúncios, clique em aceitar para fechar esta janela. Aceitar