O APOCALIPSE DA LAVA JATO!Áudio-bomba coloca Fux sob suspeição de vazar decisão a Dallagnol

O primeiro áudio divulgado pelo site The Intercept, nesta terça-feira 9, mais uma bomba sobre a Lava Jato, coloca o ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux sob suspeição de ter vazado uma decisão sua ao procuradodr Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da operação.

No áudio, enviado ao grupo ‘Filhos do Januario 3’, com outros procuradores, no aplicativo de conversas Telegram, Dallagnol comemora uma decisão de Fux que impediu que o ex-presidente Lula concedesse uma entrevista da prisão durante a campanha presidencial.

- Publicidade -

O arquivo foi enviado em 28 de setembro de 2018. O procurador também pede segredo aos colegas sobre a notícia e indica que ela ainda é sigilosa. “URGENTE E SEGREDO”, “sobre a entrevista”, “quem quer saber ouve o áudio”, escreve Dallagol, em mensagens de texto, junto ao envio do áudio.

“Não vamos alardear isso aí, não vamos falar pra ninguém. Vamos manter, ficar quieto, para evitar a divulgação o quanto for possível. Porque o quanto antes divulgar isso, antes vai ter recurso do outro lado, antes isso aí vai para o plenário”, diz o procurador.

“O pessoal pediu para gente não comentar isso aí publicamente e deixar que a notícai surja por outros canais, para evitar precipitar recurso de quem é.. tem uma posição contrária à nossa”, prosseguiu, dizendo por fim que era uma “notícia boa para terminar bem a semana. depois de tantas coisas ruins, e começar bem o fim de semana”.

O jornalista Leandro Demori, editor do Intercept, questionou quem seria o “pessoal” citado por Dallagnol na conversa. “Deltan manda um áudio falando sobre a decisão do Fux de barrar entrevista de Lula à @monicabergamo. Para ele, naquele momento, a decisão ainda não é pública. Tanto que pede SEGREDO. E diz: “…o pessoal pediu pra gente não comentar publicamente…”. Que pessoal?”, indagou pelo Twitter.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.