Ex-prefeito de Teerã é julgado pelo assassinato da esposa




Mohammad Ali Najafi, de 67 anos, se entregou à polícia em maio e admitiu ter matado a mulher, que era 30 anos mais jovem. Escândalo em torno do 2º casamento do político, que não se divorciou da 1ª esposa, contribuiu para o grande interesse que o caso desperta no país. O ex-prefeito de Teerã Mohammad Ali Najafi, acusado de assassinar sua segunda esposa, durante julgamento neste sábado (13).
Meghdad Madadi/Tasnim News Agency/AFP
Começou neste sábado (13) o julgamento do ex-prefeito de Teerã Mohammad Ali Najafi, acusado de matar sua segunda esposa, informou a imprensa iraniana.
Najafi, de 67 anos, foi prefeito da capital do Irã entre agosto de 2017 e abril de 2018 e é considerado um dos líderes do movimento reformista.
Em 28 de maio, ele se entregou à polícia e admitiu ter matado sua segunda esposa, Mitra Ostad, 30 anos mais jovem do que ele, algumas horas antes.
O corpo da vítima foi encontrado no banheiro da casa onde viviam, dentro de uma banheira.
Matemático brilhante e professor universitário, Najafi foi vice-presidente da República Islâmica e várias vezes ministro. Agora, pode ser condenado à pena de morte.
A fama de Najafi e o escândalo em torno de seu segundo casamento – por não ter se divorciado da primeira mulher, como exige a lei iraniana – contribuíram para o grande interesse que o caso desperta no país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.