TUDO PODE MUDAR: Mourão diz que Previdência terá que ser discutida de novo em seis anos

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse nesta segunda-feira, 15, que em até seis anos a Previdência terá que ser discutida novamente, uma vez que a reforma que tramita no Congresso está encaminhada, porém, “não da forma como nós, governo, gostaríamos”, afirmou o general.

“Qual era a primeira coisa para buscar o equilíbrio fiscal? A reforma da Previdência. Felizmente ela está encaminhada. Não da forma como nós, governo, gostaríamos, mas existe um velho aforismo no meio militar que diz que o ótimo é inimigo do bom. Então, vamos ter uma reforma boa, não uma ótima. Daqui a cinco, seis anos, nós vamos estar novamente discutindo isso aí”, disse o vice-presidente, em evento na Fundação Getúlio Vargas (FGV) no Rio de Janeiro.

- Publicidade -

CLICK POLÍTICA com informações de Veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.