E AGORA MORO? Grau de capacidade técnica dos “hackers” não é alto, diz site

De acordo com o site A Cidade, de Araraquara, entre os suspeitos presos nesta terça-feira (23) pela Polícia Federal (PF) pelo suposto hackeamento dos telefones celulares de Moro estão Walter Delgatti Neto e Gustavo Henrique Elias Santos.

De acordo com o site, em Araraquara foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em casas na Vila Xavier [da avó de Delgatti Neto] e na casa da mãe de Gustavo. As ações também foram realizadas em Ribeirão Preto.

- Publicidade -

“Por aqui, foram apreendidos documentos e aparelhos eletrônicos com a finalidade de se obter ‘os elementos de provas relacionadas a invasão de contas do aplicativo Telegram utilizadas pelo atual ministro da justiça e segurança pública’, diz o mandado de busca e apreensão”, diz a reportagem.

Segundo o site, ao contrário do que se imaginava, o grau de capacidade técnica dos hackers não era alto, como afirmou o ministro Sergio Moro. Além disso, o site informa que de acordo com fontes, o o histórico deles demonstraria que estariam mais para golpistas do que hackers.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.