Glenn critica cinismo de Moro e vê mesma tática usada no caso Snowden

Comentando tuíte do editor-executivo do Intercept Brasil, Landro Demori, que escreveu que “a Vaza Jato mostrou que não se deve ter fé cega em investigações promovidas pelo estado”, o jornalista Glenn Greenwald reforçou a autenticidade do material publicado e o fato de que Moro, Deltan e Lava Jato cometeram improbidades graves: “nada mudou, e nada nunca vai mudar”.

Para Glenn, “Sergio Moro está tentando cinicamente explorar essas prisões para lançar dúvidas sobre a autenticidade do material jornalístico. Mas a evidência que refuta sua tática é muito grande para que isso funcione para qualquer pessoa”, e lembra que no dia em que publicaram as primeiras reportagens da Vaza Jato, nem Moro nem Lava Jato negaram a autenticidade do material.

- Publicidade -

“Eles apenas negaram impropriedades. Foi só mais tarde que eles inventaram essa tática, quando perceberam que seus aliados estavam abandonando-os”, aponta.

Além disso, Greenwald diz que depois das primeiras publicações, “a Folha trabalhou ‘lado a lado’ com a nossa equipe e verificou a autenticidade do arquivo – inclusive comparando os chats dos seus repórteres com os promotores com o original. Como qualquer hacker poderia forjar isso? Obviamente, isso seria impossível”.

Com a Veja foi o mesmo. A revista concluiu que “o material é autentico, e contém coisas que um hacker nunca conseguiria forjar, inclusive conversas com seu próprios repórteres”, disse.

Para Glenn, Moro tenta usar a mesma tática adotada pelos governos dos EUA e Reino Unido no caso Snowden: “distrair de sua própria má conduta gritando sobre os ‘crimes’ de Snowden. Ele cometeu crimes? Talvez. Mas isso não mudou o fato de que os documentos eram reais e mostravam crimes graves por parte desses governos”, escreve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.