Servidora do Planalto viu retransmissão de fake news pró-Bolsonaro durante a campanha

Uma servidora do Palácio do Planalto afirmou em depoimento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter presenciado, durante a campanha presidencial de 2018, a retransmissão de notícias falsas a favor de Jair Bolsonaro, então candidato, produzida por voluntários. O depoimento foi prestado na tarde de quarta-feira 14.

Rebecca Félix da Silva Ribeiro Alves trabalhou em uma agência de comunicação chamada AM4 e contou ainda ter atuado nos diretórios do PSL no Rio de Janeiro e em São Paulo, informa reportagem do UOL. No Rio, ficava na sede da empresa e na casa do empresário Paulo Marinho, de onde viu a reprodução de fake news.

- Publicidade -

Em entrevista à Globonews, Marinho contou que, em sua casa, eram retransmitidas informações falsas produzidas por voluntários, durante as eleições, via WhatsApp. “Fake news a gente também mandava, como chegava a gente saía, como tem hoje”, disse à jornalista Andrea Sadi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.