Lava Jato deflagra nova fase e prende genro de Emílio Odebrecht

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (21) a 63ª fase da Operação Lava Jato. Os alvos de prisão são o ex-executivo da Odebrecht Maurício Ferro e o advogado Nilton Serson. Ferro é genro de Emílio Odebrecht e diretor jurídico da empreiteira.

De acordo com a PF, são cumpridos dois mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão em São Paulo e na Bahia.

- Publicidade -

A corporação investiga a suspeita de pagamentos periódicos da Odebrecht a dois ex-ministros identificados na planilha da empreiteira como “Italiano” e “Pós-Itália”. Em depoimento, Marcelo Odebrecht afirmou que “Italiano” era o codinome do ex-ministro Antônio Palocci e “Pós-Itália” era Guido Mantega.

O pagamento da propina seria para aprovar medidas provisórias que instituiriam o programa chamado de Refis da Crise. A PF informou que foi determinado o bloqueio de R$ 555 milhões dos investigados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.