Tempestade de granizo mata milhares de aves nos EUA




Além dos ventos de mais de 100 km/h, animais foram afetados por pedras de granizo com diâmetro de uma bola de beisebol. Até 30% da população das aves de um parque em Montana morreram ou ficaram gravemente feridas. Milhares de aves morreram em reserva ambiental nos EUA após tempestade de granizo
Montana Fish, Wildlife and Parks/Reprodução/Twitter
Uma tempestade de granizo em Montana (Estados Unidos) matou milhares aves neste mês, informou a autoridade local de parques. Segundo relatos, algumas das pedras de gelo tinham o diâmetro de uma bola de beisebol.
Estima-se que 11 mil aves – entre pelicanos, gansos e outras aves aquáticas – tenham morrido ou ficado gravemente feridas pela tempestade em um lago preservado do estado norte-americano de Montana. Isso representa um percentual entre 20% e 30% da população de aves da reserva.
Alguns dos animais foram encontrados com ferimentos tão graves, como afundamento de crânio, que os cientistas não creem que haja chances de eles sobreviverem.
As autoridades temem que mais aves morram contaminadas com doenças causadas pela decomposição das carcaças dos animais mortos.
De acordo com relatos, uma tempestade de granizo em 11 de agosto teve ventos de mais de 100 km/h e destruiu casas e plantações em Montana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.