Dallagnol foge de audiência na Câmara para tratar sobre troca de mensagens entre procuradores

O procurador e coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, desistiu de participar nesta terça-feira (10) de um debate com o editor do The Intercept Brasil, Leandro Demori, na Comissão de Trabalho (CTASP) da Câmara dos Deputados, para tratar sobre a legalidade na conduta dos agentes públicos envolvidos na troca de mensagens entre o ex-juiz Sérgio Moro e procuradores da Lava-Jato.

O objetivo da reunião será debater as reportagens do Intercept que noticiaram mensagens trocadas entre Deltan, o então juiz Sérgio Moro (atual ministro da Justiça e da Segurança Pública) e outros integrantes da Lava Jato. Os textos do site levantam a suspeita de que Moro teria atuado com parcialidade em decisões relacionadas à operação.

- Publicidade -

Esta é a segunda vez que Deltan se nega a dar explicações aos parlamentares.

Em suas redes sociais o deputado federal Paulão (PT) criticou mais essa recusa de Deltan de explicar à sociedade o conteúdo revelado pela Vaza Jato. “Nós queremos respostas”, pediu o parlamentar.

Veja também: Flávio Dino assume articulação de frente contra Bolsonaro para eleições de 2020 em SP
O debate foi proposto pelo deputado Rogério Correia (PT-MG). Para ele, “o episódio revela para a sociedade uma articulação entre acusador e juiz para condenar alguém sem a devida imparcialidade”.

Blog do George Marques

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.