Drones atacam instalações de petroleira na Arábia Saudita e provocam incêndio




Fumaça do incêndio que atingiu duas instalações da Aramco podia ser vista do espaço. Fumaça é vista após um incêndio nas instalações da Aramco em Abqaiq, na Arábia Saudita, neste sábado (14)
Reuters
Drones atacaram duas grandes instalações da petroleira Aramco, na Arábia Saudita, e provocaram incêndios neste sábado (14), de acordo com comunicado divulgado pelo Ministério do Interior saudita.
Imagens mostraram um grande incêndio em Abqaiq, onde fica a maior fábrica de processamento de petróleo da Aramco, enquanto um segundo ataque de drones iniciou incêndios no campo de petróleo de Khurais.
A fumaça podia ser vista do espaço. Porém, as chamas já foram controladas nas duas instalações.
Incêndio atingiu instalações da petroleira Aramco em Abqaiq, na Arábia Saudita, neste sábado (14)
Reuters
Rebeldes iemenitas houthis, que são apoiados pelo Irã, disseram ter mobilizado 10 drones para fazer o ataque.
As autoridades sauditas, no entanto, ainda não comentaram quem teria sido o responsável pelos ataques. Uma investigação está em curso. Ainda não está claro se a ação deixou feridos.
Guerra no Iêmen
Os ataques dos rebeldes houthis do Iêmen contra alvos sauditas são comuns e fazem parte da guerra que vem ocorrendo há anos no país. A Arábia Saudita apoia o governo iemenita liderado por Abd-Rabu Mansour Hadi, que enfrenta a oposição do movimento Houthi, alinhado com o Irã. O conflito já matou dezenas de milhares de pessoas e deixou milhões à beira da fome.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui