Justin Trudeau pede desculpas por foto em que aparece com ‘blackface’




Primeiro-ministro canadense usou maquiagem para escurecer a pele em festa com tema árabe em 2001, quando era professor de uma escola particular. ‘Sinto muito por isso…Foi uma coisa idiota de se fazer’, afirmou. O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, durante evento de campanha em Fredericton, New Brunswick, na quarta-feira (18)
Reuters/John Morris
O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, pediu desculpas nesta quarta-feira (18), após a divulgação de uma foto de 2001 na qual ele aparece com maquiagem para escurecer a pele em uma festa com tema árabe.
O ‘blackface’ é considerado ofensivo porque remete a uma prática teatral do século 19, considerada racista, de quando atores brancos se coloriam com carvão para representar personagens negros no palco, muitas vezes de forma caricata.
A revista Time publicou a foto, incluída no anuário da West Point Gray Academy, uma escola particular na Colúmbia Britânica, onde Trudeau trabalhou como professor antes de ingressar na política. Ele mostra Trudeau usando turbante e uma túnica como fantasia, com maquiagem escura nas mãos, rosto e pescoço.
De acordo com a agência Associated Press, Trudeau, que lançou sua campanha de reeleição exatamente uma semana atrás, disse que deveria ter tido mais noção de como se comportar.
“Estou chateado comigo mesmo, estou decepcionado comigo mesmo”, disse Trudeau a repórteres que viajavam com ele em seu avião de campanha.
O primeiro-ministro canadense é apenas o mais recente político a enfrentar críticas sobre fotos e ações racialmente insensíveis na juventude. No início deste ano, o governador da Virgínia Ralph Northam enfrentou intensa pressão para se demitir depois que uma foto racista apareceu em sua página do anuário da escola de medicina de 1984. Ele negou estar na foto, mas admitiu usar blackface quando jovem, enquanto retratava Michael Jackson em uma festa de dança na década de 1980.
Trudeau disse que a foto foi tirada no jantar anual da escola, que teve o tema “Noites da Arábia” naquele ano. Trudeau estava vestido como um personagem de “Aladdin”.
O primeiro-ministro disse que aquela não foi a primeira vez que usou maquiagem, dizendo que fez o mesmo quando tocou uma versão da música de Harry Belafonte, “Banana Boat Song (Day-O)”, durante um show de talentos.
“Eu deveria ter tido mais noção, mas não tive, e sinto muito por isso”, disse Trudeau. “Vou pedir aos canadenses que me perdoem pelo que fiz. Eu não deveria ter feito isso. Eu assumo a responsabilidade por isso. Foi uma coisa idiota de se fazer”.
Trudeau disse que sempre foi muito entusiasmado com fantasias do que “às vezes é apropriado”.
“Essas são as situações das quais me arrependo profundamente”, acrescentou.
A publicação da foto pode significar mais problemas para Trudeau, que, segundo as pesquisas, está enfrentando um sério desafio imposto pelo líder conservador Andrew Scheer.
Trudeau tem sido admirado por liberais de todo o mundo por suas políticas progressistas na era Trump, com o Canadá aceitando mais refugiados do que os Estados Unidos. Seu governo liberal também defendeu fortemente o livre comércio.
Mas o filho de 47 anos do falecido primeiro-ministro Pierre Trudeau já estava vulnerável após um dos maiores escândalos da história política do Canadá, que surgiu quando a ex-procuradora-geral de Trudeau disse que ele a pressionou indevidamente para interromper o processo criminal de uma empresa em Quebec.
Trudeau disse que conversaria com seus filhos pela manhã sobre assumir responsabilidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.