Ex-presidente da Tunísia Ben Ali morre na Arábia Saudita




Morte foi confirmada pelo advogado da família. O presidente estava exilado desde 2011, quando foi deposto pela revolução que inspirou a Primavera Árabe. Ex-presidente da Tunísia Ben Ali.
Zoubeir Souissi/Reuters
O autocrata destituído da Tunísia Zine El-Abidine Ben Ali morreu no exílio na Arábia Saudita nesta quinta-feira (19), confirmou o advogado da família à agência de notícias Reuters. Ben Ali estava exilado desde 2011, quando foi deposto pela revolução que inspirou a Primavera Árabe.
“Ben Ali acabou de morrer na Arábia Saudita”, disse o advogado Mounir Ben Salha à Reuters por telefone.
A queda de Ben Ali levou a uma transição democrática em seu país natal. No domingo (15), os tunisianos votaram em uma eleição com candidatos de todo o espectro político, e dois candidatos de fora da política chegaram ao segundo turno – em uma votação que seria impensável durante o mando do ex-presidente.
No entanto, embora tenham transitado para a democracia de forma mais suave do que cidadãos dos outros Estados árabes que também se rebelaram em 2011, muitos tunisianos vivem, hoje, uma situação econômica pior do que tinham à época de Ben Ali.
Veja mais informações em instantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.