Início Mundo Jornalistas são agredidos em Buenos Aires durante cobertura de protesto no consulado do Chile

Jornalistas são agredidos em Buenos Aires durante cobertura de protesto no consulado do Chile

por Portal Click Política




Um grupo de infiltrados em uma passeada contra o governo chileno em Buenos Aires atacou três equipes de jornalistas, de acordo com a entidade que representa a imprensa argentina. Ato contra o governo Chileno em Buenos Aires, em 21 de outubro de 2019
Ronaldo Schemidt / AFP
Jornalistas da Argentina que foram cobrir uma manifestação no consulado do Chile em Buenos Aires foram agredidos na segunda-feira (21), de acordo com a Associação de Entidades Jornalísticas Argentinas (Adepa, na sigla em espanhol).
Equipes do Crónica TV, A24 e “La Nación” sofreram agressões, segundo a entidade.
Um cinegrafista da equipe de vídeo do jornal “La Nación” ficou ferido com um corte na cabeça e foi atendido por médicos no local, que deram quatro pontos na cabeça.
Segundo o “Clarín”, foi um grupo específico de manifestantes que os atacou enquanto gritavam palavras contra a imprensa.
“São um grupo de infiltrados que gritavam ‘morte ao Estado”, disse ao “Clarín” a repórter Penélope Canónico, da Crónica TV. O cinegrafista que trabalha com ela foi jogado ao chão e agredido e precisou ser hospitalizado.
Presidente Sebastián Piñera convoca reunião com líderes de todos os partidos no Chile
Manifestantes jogaram gás de pimenta no rosto do jornalista Marcelo Padovani, segundo a Adepa.
A entidade publicou uma nota em que diz que o ataque “não só afeta a convivência social como também a liberdade de imprensa, e deve ser investigado e condenado pelas autoridades competentes”.

Deixe seu Comentário

Você também pode gostar

Deixe o Comentário

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência em anúncios, clique em aceitar para fechar esta janela. Aceitar