Início Mundo Angolanos, venezuelanos e congoleses são mais da metade dos refugiados vulneráveis atendidos em SP; veja mapa

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência em anúncios, clique em aceitar para fechar esta janela. Aceitar