Homem invade museu e é detido no sul da França




Museu de arqueologia de Saint-Raphael teve paredes e móveis pichados com mensagens ameaçadoras em árabe. Policiais e jornalistas são fotografados em frente ao museu de arqueologia de Saint-Raphael, sul da França, nesta quarta-feira (23). Homem ficou entrincheirado no local por quatro horas
Valery Hache / AFP
Um homem que permaneceu entrincheirado por quatro horas no museu de arqueologia de Saint-Raphael, na região de Var, no Sul da França, foi detido nesta quarta-feira (23).
O museu, que faz parte dos monumentos históricos da França, teve paredes e móveis pichados com mensagens ameaçadoras em árabe.
Uma fonte policial disse à AFP que uma delas quer dizer “o museu vai se tornar um inferno”, mas a informação ainda não foi confirmada oficialmente.
O homem agiu sozinho e não estava armado. O vice-prefeito do departamento Var, Eric de Wispeleare, afirmou que ele foi detido por policiais de elite de Marselha e Nice “sem resistência e sem violência’ no jardim do museu pouco depois das 9h (4h em Brasília).
Segundo o prefeito de Saint-Raphael, Frédéric Masquelier, “alguns vasos datando do período romano foram destruídos”. Nenhum explosivo foi encontrado na inspeção do museu por agentes especializados.
O museu arqueológico de Saint-Raphael está localizado próximo a uma igreja medieval no centro desta cidade da Riviera Francesa, com 35 mil habitantes. O museu recebe cerca de 20 mil visitantes por ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui