Início Mundo ONU alerta governo da Nicarágua a parar com repressão da dissidência

ONU alerta governo da Nicarágua a parar com repressão da dissidência

por Portal Click Política




Policiais cercaram os arredores de duas igrejas onde grupos de opositores jejuam como parte da campanha ‘Natal sem presos políticos’. Manifestantes mostram nomes e fotos de pessoas mortas durante protestos contra o presidente Daniel Ortega, da Nicarágua, em 2 de novembro de 2019
Oswaldo Rivas/Reuters
O gabinete da alta comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, pediu nesta terça-feira (19) que o governo da Nicarágua “acabe com a repressão persistente da dissidência”, diante da violência e do cerco aos templos católicos no país.
“Estamos muito preocupados com a situação de 13 pessoas que entraram em uma igreja na Nicarágua como uma forma de protesto, e que foram cercadas pela polícia”, disse o porta-voz do Alto Comissariado, Rupert Colville.
“O governo deve acabar com a repressão persistente dos dissidentes”, acrescentou.
A violência e o cerco aos templos católicos da Nicarágua aumentaram na segunda-feira (18), em um momento de grande repressão do governo de Daniel Ortega em relação aos opositores que iniciaram greves de fome em duas igrejas para exigir a libertação de 139 presos políticos.
Depois que policiais cercaram, durante todo dia, os arredores da igreja de San Miguel de Masaya e da catedral de Manágua, onde grupos de opositores jejuam como parte da campanha “Natal sem presos políticos”, a arquidiocese da capital da Nicarágua denunciou que partidários do governo invadiram a catedral de maneira violenta.

Deixe seu Comentário

Você também pode gostar

Deixe o Comentário

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência em anúncios, clique em aceitar para fechar esta janela. Aceitar