Pesquisas de boca de urna colocam Lacalle Pou à frente na disputa da Presidência do Uruguai




Candidato do Partido Nacional aparece na frente nos principais institutos de pesquisa do país. Luis Lacalle Pou (E) e Daniel Martínez (D), candidatos a presidente do Uruguai
Eitan Abramovich, Pablo Porciuncula/AFP
As pesquisas de boca de urna do segundo turno das eleições uruguaias indicam que Luis Lacalle Pou tem ligeira vantagem sobre o governista Daniel Martínez e, portanto, tem mais chances de se tornar o novo presidente do Uruguai. A apuração oficial, iniciada às 19h30 deste domingo (24), continua.
Caso a vitória do liberal-conservador se confirme, ele colocará um fim no ciclo de 15 anos de governos da coalizão de esquerda Frente Ampla. Se houver uma virada, o grupo esquerdista permanece no poder por mais cinco anos. O atual presidente, Tabaré Vázquez, deixa o cargo em janeiro.
Segundo o jornal uruguaio “El Observador”, os institutos de pesquisa revisaram as projeções ao longo da noite. Com isso, às 21h07 (de Brasília), os resultados da boca de urna eram os seguintes:
Cifra — Lacalle Pou (49%) x Martínez (47%)
Opción — Lacalle Pou (48,8%) x Martínez (47,2%)
Factum — Lacalle Pou (48,3%) x Martínez (48,2%)
De acordo com a Corte Eleitoral, cerca de 90% dos eleitores inscritos para votar participaram do segundo turno. Às 20h51 deste domingo (de Brasília), menos de 10% das urnas haviam sido apuradas, e Lacalle Pou aparecia com 62% dos votos.
Coalizão de opositores
No primeiro turno, Lacalle Pou obteve menos votos do que Martínez. Porém, antes mesmo da primeira rodada de votação, as pesquisas já apontavam vitória do oposicionista na segunda volta das eleições presidenciais do Uruguai.
Lacalle Pou, então, conseguiu apoio dos dois candidatos derrotados mais bem votados no primeiro turno: o liberal Ernesto Talvi e o nacionalista Guido Manini Ríos. O presidenciável ainda costurou a chamada “coalizão multicor”, que incluiu quatro partidos além do Partido Nacional.
Por isso, a aliança de oposição à Frente Ampla deve ter maioria no Congresso: os resultados mostraram que um novo governo da coalizão esquerdista teria dificuldade em aprovar projetos com a nova composição do Parlamento uruguaio.
Quem é Luis Lacalle Pou?
Luis Lacalle Pou, candidato do Partido Nacional, acena a correligionários enquanto espera resultado do segundo turno das eleições presidenciais do Uruguai neste domingo (24)
Mariana Greif/Reuters
Nascido em Montevidéu, capital uruguaia, o advogado de 46 anos se elegeu deputado pela primeira vez em 1999, e ocupou a Presidência da Câmara em 2011. Três anos mais tarde, Lacalle Pou se candidatou para presidente do Uruguai, mas acabou derrotado no segundo turno por Tabaré Vázquez, da frente ampla.
Durante a campanha, Lacalle Pou prometeu reequilibrar as contas públicas do Uruguai e valorizar as forças de segurança do país, que viveu piora nos índices de criminalidade nos últimos anos.
Caso se confirmem as projeções da boca de urna, o resultado recoloca o Partido Nacional, também conhecido como Partido Branco, na Presidência do Uruguai após 25 anos. O último integrante da agremiação a ocupar o cargo foi justamente o pai de Lacalle Pou, Luis Alberto Lacalle (1990-1995).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.