Witzel passa vergonha e é barrado no camarim de Ivete; VEJA!

Durante comemoração de 50 anos do escritório Sérgio Bermudes Advogados, que ocorreu na última sexta-feira (6) no luxuoso hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, o governador Wiltson Witzel (PSC) pediu para ser levado ao camarim de Ivete Sangalo, já que a artista estava escalada para o show de encerramento da celebração. No entanto, segundo informou a coluna de Lauro Jardim, no O Globo, a cantora baiana fez chegar à produção da festa que não queria recebê-lo.

Na celebração, quase todos os salões festivos do Copacabana Palace foram tomados por mais de 3.300 pessoas. Segundo o site Conjur, estavam presentes o presidente do TJ-RJ, Cláudio Mello Tavares, Paulo Henrique Cardoso, o ex-prefeito Eduardo Paes e Gustavo Bebbiano, ex-ministro de Bolsonaro.

- Publicidade -

Assim como aconteceu com Ivete, o governador também tentou se aproximar de Gabigol, após a final da Libertadores. No entanto, ao se ajoelhar em frente ao jogador, Witzel foi ignorado. Depois de insistência, ele conseguiu tirar uma foto com o artilheiro nos vestiários.

Click Política

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui