Ataque do Talibã próximo a base americana no Afeganistão causa morte e deixa dezenas de feridos




A base, que não chegou a ser atingida, fica em Bagram, perto da capital afegã, Cabul. Segundo a Reuters, 87 pessoas ficaram feridas. Menino é visto dentro de casa danificada por ataque do Talibã nesta quinta (11) em Bagram, no Afeganistão.
Rahmat Gul/AP
Um atentado do Talibã com carro-bomba contra um hospital em construção perto de uma base americana em Bagram, no Afeganistão, deixou uma mulher morta e dezenas de feridos nesta quarta-feira (11). Segundo a agência de notícias Reuters, 87 pessoas ficaram feridas.
Alguns militares americanos sofreram ferimentos leves e 5 militares da Geórgia, que faz parte da coalizão liderada pelos Estados Unidos no país, também foram atingidos. Segundo a Reuters, a maioria das vítimas era de afegãos.
A base, que fica cerca de 64km ao norte da capital afegã, Cabul, não chegou a ser atingida.
Talibã assumiu autoria do ataque ao hospital, próximo de base americana que fica cerca de 64km ao norte de Cabul
G1
“Forças inimigas executaram um ataque contra a base aérea de Bagram esta manhã, apontando contra uma instalação médica em construção e destinada aos afegãos que vivem ao lado da base”, afirmou um comunicado da missão da Otan em Cabul. A coalizão afirmou que o hospital foi bastante danificado, mas o Talibã nega.
Segundo a Reuters, as autoridades afegãs informaram que dois dos autores do ataque detonaram veículos com explosivos na entrada sul da base, enquanto outros 5 abriram fogo contra as forças estrangeiras no local. O confronto durou meia hora. Não foi informado se os cinco envolvidos no tiroteio foram mortos.
Pai carrega filha ferida depois de ataque do Talibã nesta quarta (11) em Bagram, no Afeganistão.
Rahmat Gul/AP
De acordo com testemunhas, um comboio militar americano bombardeou a área minutos depois da explosão suicida, informou a Associated Press.
Fora da base, várias casas, principalmente de pessoas pobres, foram destruídas, segundo a AP. Uma grande mesquita na área também foi danificada.
Lojas ficaram danificadas depois de um ataque do Talibã nesta quarta (11) em Bagram, no Afeganistão.
Rahmat Gul/AP
O ataque à base – que o presidente americano, Donald Trump, visitou no final de novembro – ocorreu em meio às negociações de paz entre autoridades americanas e representantes do Talibã em Doha, no Catar. Em setembro, Trump havia interrompido as negociações com o grupo terrorista depois que um ataque do grupo matou um soldado americano.
Hoje, o Talibã controla a maior quantidade de território desde que foi expulso do poder por forças afegãs, com o apoio aéreo dos EUA, em 2001. O grupo realiza ataques regulares que visam forças estrangeiras, afegãs e oficiais do governo, mas que também matam dezenas de civis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.