Início Mundo Se ligue nos links (14 de dezembro)

Se ligue nos links (14 de dezembro)

por Portal Click Política




Premiê Boris Johnson é recebido com palmas em Downing Street nesta sexta-feira (13/12)
Stefan Rousseau/ Reuters
1) No UK in a Changing Europe, John Curtice analisa a vitória esmagadora do Partido Conservador nas eleições britânicas e Jill Rutter explica por que o trabalho mais duro para concluir o Brexit começa agora. Na New York, Andrew Sullivan argumenta que o êxito do premiê Boris Johnson é resultado de um tirocínio político incomum. No Medium, Sara Gibbs faz um desabafo sobre a postura pusilânime de Jeremy Corbyn diante do antissemitismo no Partido Trabalhista. No Guardian, Rafael Behr defendia, antes da votação, que o resultado ideal não seria nem Boris, nem Corbyn, nem Brexit. Também no Guardian, Kester Aspen investiga o assassinato da parlamentar Jo Cox por um radical pró-Brexit antes do plebiscito em 2016. No Politico, Daniel Lippman e Nahal Toosi desvendam a relação especial entre Boris e o presidente americano, Donald Trump.
Comissão de Justiça da Câmara na votação que aprovou os artigos de impeachment contra Trump
Reuters/Patrick Sernansky
2) O Center for Public Integrity denuncia a falta de transparência da administração Trump com os documentos ligados ao caso que resultou no pedido de impeachment.
3) Na Brookings, George Hawley questiona se os apoiadores de Donald Trump são todos contrários aos muçulmanos.
Fumaça vista após ataques aéreos do governo sírio na cidade de Douma, no leste de Ghouta, na Síria
Syrian Civil Defense White Helmets via AP
4) No BellingCat, Tariq Bhatti submete a uma análise detalhada as descobertas da comissão que investigou se o ataque a Douma, na Síria, em abril de 2018 foi cometido com armas químicas.
Pai carrega filha ferida depois de ataque do Talibã nesta quarta (11/12) em Bagram, no Afeganistão.
Rahmat Gul/AP
5) No Washington Post, Craig Whitlock revela documentos que comprovam a duplicidade das autoridades americanas ao longo da Guerra do Afeganistão.
6) Também no Post, Bart Bonikowski e Daniel Ziblatt enumeram os erros dos partidos conservadores tradicionais que permitiram a ascensão da direita nacional-populista. No Five Books, Cas Mudde recomenda cinco livros para entender a ultradireita.
Em imagem de agosto de 2009, Putin aparece nadando no sul da Sibéria
Alexey Druzhinin/Sputnik/AFP
7) Na New Yorker, Joshua Yaffa traça o perfil de Konstantin Ernst, uma espécie de ministro extra-oficial da propaganda de Vladimir Putin.
8) No Vox, Jane Coaston narra a disputa crescente entre direitistas conservadores e liberais em torno da pornografia.
O fundador da Microsoft Bill Gates durante evento de tecnologia em Pequim, na China, em 2018
Thomas Peter/Reuters
9) Também no Vox, Julia Belluz e Marine Buissonniere relatam como as consultorias financiadas pela Fundação Gates passaram a controlar as práticas no setor de saúde.
10) No Quanta, Kevin Hartnett decifra a contribuição do matemático Terence Tao para quase resolver um problema em aberto famosíssimo, tão simples quanto intrincado, conhecido como conjectura de Collatz ou, mais popularmente, 3x+1.

Deixe seu Comentário

Você também pode gostar

Deixe o Comentário

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência em anúncios, clique em aceitar para fechar esta janela. Aceitar