Embaixador mexicano renuncia a cargo após ser flagrado roubando livro na Argentina




O embaixador do México na Argentina renunciou a seu cargo após ser acusado de roubar um livro na famosa livraria El Ateneo, de Buenos Aires. As imagens do furto foram divulgadas neste mês. Livraria El Ateneo Grand Splendid, em Buenos Aires, onde o ex-embaixador mexicano foi acusado de furtar um livro
Divulgação Gobierno de Buenos Aires
O embaixador mexicano Ricardo Valero Recio, de 77 anos, deixou seu cargo na Argentina nesse domingo (22) argumentando problemas de saúde, segundo divulgou a Secretaria de Relações Exteriores do México.
A renúncia é o fim de um caso que começou com a divulgação de imagens que mostram o diplomata sendo abordado por seguranças na célebre livraria de Buenos Aires, El Ateneo Gran Splendid, após tentar furtar um livro.
O vídeo mostra o momento em que o ex-embaixador pega a biografia de Giacomo Casanova, de Guy Chaussinand-Nogaret, e a esconde em um jornal.
Em outras cenas, é possível ver o diplomata mostrando notas fiscais aos seguranças. No entanto, nenhuma das faturas têm o artigo furtado: um livro de menos de dez dólares.
O furto aconteceu no final de outubro, mas as imagens foram divulgadas apenas em dezembro.
A atitude ilegal estaria associada a uma síndrome frontal que acomete o diplomata após ter retirado um tumor cerebral, segundo uma carta médica do hospital mexicano Médica Sur divulgada pelo governo mexicano.
O secretario de relações exteriores do México, Marcelo Ebrard, utilizou suas redes sociais para informar que o embaixador, a quem chamou de grande pessoa, está em tratamento neurológico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui