Trump será defendido por Ken Starr, que investigou relações sexuais de Bill Clinton e Monica Lewinsky




Kenneth Starr foi incorporado à equipe de advogados que vai defender o presidente dos EUA no julgamento do impeachment no Senado. Ken Starr, durante depoimento em 8 de maio de 2014
Lauren Victoria Burke/AP
A equipe de defesa do presidente Donald Trump contra as acusações do impechment vai contar com Kenneth Starr, o responsável pela acusação contra Bill Clinton, de acordo com relatos da mídia norte-americana nesta sexta-feira (17).
A investigação de Starr sobre relacionamentos sexuais de Clinton com a ex-estagiária da Casa Branca Monica Lewinsky fizeram com que o então presidente dos EUA sofresse um impeachment em 1998.
O Senado, no entanto, julgou Clinton e o manteve no governo.
Em uma rede social, Lewinsky fez uma referência à escolha de Starr para compor a defesa de Trump. “Hoje é decididamente um dia de ‘você está de brincadeira comigo?'”, publicou ela.
Bill Clinton se envolveu em um escândalo sexual com Monica Lewinsky
AFP
Robert Ray, que sucedeu Starr como promotor independente e redigiu o relatório final sobre Clinton, também vai integrar a defesa de Trump.
Jornais dos EUA e agências de notícias também citam a incorporação do advogado Alan Dershowitz ao grupo de advogados que representarão Trump.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui