Ana Amélia dá “piti” no Senado e Gleisi a chama de covarde por ter medo de Lula

A senadora Ana Amélia (PP), um dos símbolos da intolerância no país, se desesperou com o discurso da senadora Gleisi Hoffman no Senado e partiu para defender o juiz Sérgio Moro que descumpriu decisão do TRF4 no tocante a soltura do ex-presidente Lula.

Enquanto Gleisi fazia seu pronunciamento, Amélia interrompeu de forma brusca e autoritária.

Relacionadas

A senadora que apoiou Aécio Neves em 2014, talvez tenha entendido que mesmo preso, o ex-presidente Lula pode eleger o seu candidato nas eleições de 2018.

Ana Amélia perdeu mais uma vez a compostura. Ao concluir o seu “piti”, Gleisi disse que a oposição a Lula era covarde por não ter coragem de disputar com o ex-presidente nas urnas.

CLICK POLÍTICA

você pode gostar também Mais do autor