Boulos “pede cadeia” pra Bolsonaro, “se houvesse justiça, já estaria preso”

O pré-candidato do PSOL à presidência, Guilherme Boulos, criticou duramente e pediu punição ao deputado federal e pré-candidato Jair Bolsonaro, que comparou nesta sexta-feira 11 assassinatos da época da ditadura militar no Brasil, comandados pelo governo Geisel, com “tapa no bumbum de bebê”.

Relacionadas

“Bolsonaro compara execução de presos da ditadura militar brasileira ordenadas por Geisel a um ‘tapa no bumbum de bebê’. Se houvesse justiça no país, o deputado devia estar preso por apologia a tortura e ao crime”, postou Boulos no Twitter.

você pode gostar também Mais do autor