Acusado de receber propina de um milhão, presidente do DEM tenta “bajular” Moro, porém Renan acaba com farra; ENTENDA!

1

O Presidente do DEM, José Agripino Maia, acusado de receber mais de um milhão da Odebrecht, “tentou aparecer” na votação do abuso de autoridade no Senado.

Agripino usava constantemente a palavra para dizer que era contra o projeto.

Foi quando inesperadamente, o presidente Renan Calheiros (PMDB), visivelmente irritado com a atitude hipócrita de alguns parlamentares, decidiu acabar com o “circo” retirando o projeto de pauta.

Vários senadores ficaram sem ação com a atitude de Calheiros,e ainda queriam continuar no debate sobre o assunto.

O presidente do Congresso acabou com a farra, cortando a palavra dos colegas, e passando para outra votação.

CLICK POLITICA

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. Jose Fernandes Diz

    Presidente LULA, Deus esta com você meu Presidente, tenha confiança em nosso Pai poderoso, o feitiço esta caindo em cima do feiticeiro, o Brasil inteiro esta aplaudindo a derrubada dos poderosos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.