Andrade Gutierrez confirma propina de 600 mil à Lobão

0

O ex-diretor da Andrade Gutierrez, Flavio Barra, contou em depoimento à Operação Lava Jato como foi feito o pagamento de propinas ao então ministro de Minas e Energia Edison Lobão.

De acordo com Lauro Jardim, do O Globo, no esquema para a construção da usina de Belo Monte, Lobão pediu R$ 600 mil. Como Barra não tinha o dinheiro em Brasília, Lobão pediu que ele fosse entregue ao seu filho Marcio, no Rio de Janeiro.

Cumprindo com o combinado, Barra foi ao apartamento de Marcio para fazer o pagamento da propina.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.