Após repercussão, Moro diz que só deve viajar para os EUA em 2018; Advogados acreditam que juiz teme condenar Lula sem provas

3

O juiz Sérgio Moro afirmou que deve viajar para os EUA apenas em 2018, porém especialistas acharam estranho que um pedido de licença fosse feito de forma tão antecipada.

Muitos afirmam que o magistrado pode abandonar a operação Lava Jato, que visa prender o ex-presidente Lula.

Durante inquirição de testemunhas, o MPF não conseguiu obter uma prova sequer contra o Lula, o que teria preocupado Moro.

O juiz é acusado de perseguição política contra o petista, tendo vazado diálogos de cunho pessoal do ex-presidente para veículos de imprensa.

O juiz de primeira instância com o pedido de licença, deu sinais de “fraqueza”. A matéria ganha proporção a nível nacional.

Amigos do juiz asseguram que ele concluirá os processos da Lava Jato.

Porém, de todo modo, a atitude do mesmo trouxe dúvidas para a sociedade brasileira. Será que Moro estaria temeroso em condenar o ex-presidente sem provas?

Só o tempo dirá!

CLICK POLITICA

você pode gostar também Mais do autor

3 Comentários

  1. Cleusa Borba fos Santos Diz

    Não acredito que Sergio Moro tenha cometido erros acima citados.Ele é um grande estudioso ,não uma pessoa irresponsável que causaria prejuízos a terceiras pessoas,e,a ele mesmo.Creio que ele precisa de um tempo para conseguir provas contra Lula ,mais argumentos que o incriminem.Não acredito que Lula seja esta vitima que ele está ensenando.Ele quer atrapalhar a Lava Jato e punir Sergio Moro ,porque ele está cheio de ódio contra esse juiz.Não creio que Sergio Moro cometa uma fuga ,não é o perfil dele.Lula deve sim senão não estaria esperneando.Diz o ditado que quem não deve não teme .

  2. Gessivaldo Lino Pinto Diz

    Ou será que Moro pretende prender Lula e se afastar do país…?

  3. jose carlos lima barbosa Diz

    Amigos, não se enganem. Esse Moro vai para os EUA auxiliar no processo contra o Brasil (contra a Petrobras). Vai ajudar na entrega do petróleo brasileiro na quele processo que ele impediu as testemunhas (delatores) de explicarem. Acho que esse processo lá fora deveria ser investigado, porque há um crime de lesa-pátria em andamento perpetrado por traidores do País.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.