Após reunião, PT culpa perseguição de Moro e Lava Jato, porém reconhece que perdeu confiança do povo

0

Em resolução política divulgada nesta quarta-feira, o Partido dos Trabalhadores fez um balanço da maior derrota eleitoral de sua história e a atribuiu à ofensiva midiática e à Operação Lava Jato, que “nos trinta dias anteriores às eleições desencadeou ofensivas fraudulentas, mas de ampla repercussão, contra o presidente Lula e ex-ministros de seu governo”.

Na mesma nota, o PT também pediu apoio incondicional a todas as candidaturas do campo progressista, como a de Marcelo Freixo no Rio de Janeiro.

O texto também reconhece que o partido perdeu a confiança dos mais pobres e dos trabalhadores. “Apesar da resistência ao golpe (…) o PT e a esquerda não conseguiram reconquistar o apoio, a confiança e a identidade da classe trabalhadora, dos pobres e dos setores médios, inconformados com o ajuste fiscal implementado pelo nosso governo.”

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.