Camargo Corrêa delata e revela propina milionária em SP

5

O empresário Luiz Nascimento, dono da empreiteira Camargo Corrêa, uma das maiores do País, prestou novo depoimento à Lava Jato, em que confirmou o pagamento de propinas ao executivo Paulo Vieira de Souza, conhecido como “Paulo Preto”, por contratos superfaturados no Rodoanel paulista, durante as gestões de José Serra e Geraldo Alckmin.

Nascimento voltou a falar temendo que sua delação fosse anulada por omissões anteriores e citou Paulo Preto, ex-diretor da Dersa, que é tido como um dos principais operadores do PSDB, em São Paulo.

As informações foram publicadas na coluna de Vera Magalhães:

A Camargo Corrêa vai relatar ainda pagamento de propina ao PSDB de São Paulo por intermédio do ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto. A empresa irá reconhecer cartel, fraude e superfaturamento nas obras do Rodoanel e do metrô de 2007 a 2014, nos governos José Serra e Geraldo Alckmin.

Mesmo com o “recall”, temem que as delações sejam anuladas caso o MPF entenda que as omissões foram intencionais.

Nas planilhas da Odebrecht, apareceram os nomes “santo” e “careca” em anotações relacionadas a obras em São Paulo.

você pode gostar também Mais do autor

5 Comentários

  1. Katrina Warm Diz

    Having already been a victim of costly and long loan procedures, so I am finally turned to MEILLEUR CREDIT who was able to offer me a loan fast and with NO FEES to advance.Please visit their site ( http://www.meilleur-credit.net )

  2. go to website Diz

    I just want to tell you that I am just newbie to blogging and site-building and absolutely liked your blog site. Almost certainly I’m likely to bookmark your website . You actually come with terrific well written articles. Thanks a lot for sharing with us your webpage.

  3. Ralfob B B Penteado Diz

    Se houver “fatiamento” e caírem na ju$ti$$a de São Paulo, estarão inocentes Auauluisio, $$erra e Ali Kimim.

  4. Joseph Gerald Washington Diz

    O personagem conhecido como PAULO PRETO, um operador de propinas do PSDB, foi desmascarado a uns 6 anos atrás quando as atividades dele nos bastidores do poder TUCANO em SP ficaram públicos depois de uma reportagem onde ele apareceu por desvio de parte dos recursos arrecadados por ele para ele mesmo.
    PAULO PRETO aplicou máxima: LADRÃO QUE ROUBA LADRÃO TEM 100 ANOS DE PERDÃO!
    Ao ser jogado as “feras”, abandonado pelo alto TUCANATO, PAULO PRETO deu o seguinte recado:
    – NÃO ME DEIXEM SÓ!
    E não deixaram mesmo. Após esse sutil recado JOSÉ SERRA e ALOÍSIO NUNES desceram do ninho para socorre-lo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.