COMPLICOU PRA TEMER: Ex-marqueteiro do PT deve detalhar despesas pagas para Dilma na campanha

2

A negociação de delação premiada do ex-marqueteiro do PT João Santana com a Operação Lava Jato está avançada. De acordo com as investigações, foram encontrados indícios de que ele recebeu US$ 3 milhões de offshores ligadas à Odebrecht, entre 2012 e 2013, e US$ 4,5 milhões do engenheiro Zwi Skornicki, entre 2013 e 2014.

De acordo com a Polícia Federal e com o Ministério Público Federal (MPF), o dinheiro é oriundo de propina de contratos na Petrobras.

Ele já havia confirmado ao juiz Sérgio Moro que o pagamento de US$ 4,5 milhões, feito pelo engenheiro Zwi Skornick, foi de caixa dois da campanha presidencial de Dilma Rousseff, em 2010.

Na delação premiada, Santana deve detalhar despesas da ex-presidente que teriam sido pagas por ele, como os serviços do cabeleireiro Celso Kamura. As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Na época das denúncias sobre o assunto, a então presidente afirmou que serviços pessoais de Kamura foram pagos por ela, que teria inclusive comprovantes desses desembolsos.

você pode gostar também Mais do autor

2 Comentários

  1. Tadeu Diz

    Renato ja vi q vc é um desses coxinhas de visão estreita q pensam q o problema esta em um so partido, mas deixe eu explicar: A materia faz referencia a chapa de Dilma q possuia outros partidos coligados ou seja tds foram benficiados inclusive o senhor Temer se ela for cassada ele Tbm cai. Copiou coxinha?

  2. Renato Diz

    Agora me explica pq tem o nome de Temer na matéria? kkkkkk
    Despesas de Dilma pagas pelo joao santana pela Odebrech kkkkkk

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.