Cunha enterrou a Câmara Federal, afirma Delgado

0

O deputado federal Júlio Delgado, do PSB de Minas Gerais, foi entrevistado pela apresentado Amanda Klein, do programa “É Notícia”, da RedeTV!.

Em entrevista, Delgado disse acreditar que o mandato de Eduardo Cunha será cassado, pois considera que ele diminuiu a imagem da Câmara e desonrou a imagem dos parlamentares.

Além disso, o deputado afirmou que “Eduardo foi o pior presidente que já passou pela Câmara dos Deputados. Em todos os sentidos”.

Para o deputado federal, é muito difícil acontecer a aprovação da Reforma da Previdência em 2016. “Algumas das propostas que o mercado necessita não serão colocadas esse ano, todo mundo sabe que ficarão pra 2017, que são propostas de cunho econômico, de tributos, de impostos”.

Sobre a PEC do teto dos gastos, Júlio Delgado ponderou: “Rodrigo Maia vai colocar, mas essa é uma proposta que eu acho que tem dificuldade nesse momento de discussão” e afirmou ser uma proposta que o governo irá encaminhar mais rápido do que a reforma previdenciária.

Em relação ao presidente da Câmara dos Deputados, Delgado falou que Maia se sentiu “não valorizado” e “preterido” com o gesto de Eduardo Cunha, que impôs o nome de André Moura como líder do governo e disse também que o novo presidente da Câmara tem o compromisso de “fazer a travessia que a Câmara precisa pra se reencontrar com a sociedade brasileira”. Com a vitória de Maia, Delgado disparou que a Câmara está “saindo do fundo do poço e botando o nariz um pouco pra fora da lama”.

Ainda sobre a presidência da Câmara dos Deputados, o deputado ressaltou que não dá para garantir que o PSDB estará na presidência no próximo ano, pois para ele a dinâmica da casa é “volátil”.

Sobre presidente afastada Dilma Rousseff, Júlio Delgado disse que Dilma é uma mulher do bem, uma pessoa correta e que, segundo ele, foi “vítima das circunstâncias do seu partido”.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.