Delegado da Polícia Federal é preso em Londrina quando tentava extorquir dinheiro de empresa investigada; CONFIRA!

3

Um delegado da Polícia Federal (PF) em Londrina, no norte do Paraná, foi preso, neste sábado (25), preventivamente durante a realização de uma operação da própria Polícia Federal para desarticular uma organização criminosa. Além dele, o proprietário de uma empresa de segurança privada do município também foi preso. Conforme a PF, além das prisões foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão.




Segundo a Polícia Federal, as investigações apontaram que o delegado solicitou vantagem indevida a outro empresário do município. Em troca,o policial deixaria de realizar o indiciamento contra o empresário. De acordo com a polícia, o inquérito, aberto em 2015, foi concluído em janeiro de 2017 sem nenhum indiciado.

Se denunciados, os presos podem responder pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e peculatos. O delegado será transferido para Brasília e o segundo preso ficará custodiado pela PF em Londrina.
Os mandados judiciais, expedidos pela Vara Federal Criminal de Londrina, foram cumpridos por cerca de 40 policiais federais.




A operação foi denominada Corrumpere que é uma referência ao ato de corromper para prejudicar instituições públicas.

O mais estranho é que não foi divulgado o nome do delegado da Polícia Federal que estava praticando a extorsão.

Estamos de olho.

você pode gostar também Mais do autor

3 Comentários

  1. Vila Diz

    Qdo é alguém da esquerda a PF, expõe, mostra a cara, dá endereço, CPF e até sinais particulares, agora, é da própria PF, então td é feito “em segredo de justiça”. Me poupe PF, deixa de ser corporativista e seletiva.

  2. Ailton Diz

    Prezados Procuradores do MPF

    Venho solicitar que tenham conhecimento dessa grave denúncia contra o patibula e covarde do PGR RODRIGO JANOT o qual foi o responsável pela forma da morte ou do calvário de mãe IDOSA INCAPAZ devido a sua impunidade e corrupção passiva em não admitir a federalização de processos judiciais estaduais da justiça de PE – TJPE desde 2013. Esse bandido, indeferiu 04 vezes todas as minhas petições em nome de uma idosa incapaz e com doença infectocontagiosa e em estado vegetativo para não punir uma gangue formada pelo governo de PE PSB + juizes + promotores + procuradores + policiais + advogados para que o roubo de propriedade intelectual de minha autoria e com a minha mãe sendo sócia desse certo desde 2012. Mãe morreu em nov/2014 sem terem julgados tres pedidos de tutela antecipada por mais de 30 meses, sou ameaçado de morte em delegacias para não busca justiça, sou expulso de defensoria publica, não tive direito a recurso em 1º grau na justiça especial do TJPE, o MPPE nunca atuou desde 2012 e cheguei a recorrer ao STJ pela RP471 e AIA49, onde a ministra laurita vaz, na RP471, deferiu o governo de PE por quadrilha e prevaricação. E, mesmo, noticiando e provando essas graves violações aos direitos humanos, o marginal do ” Janot” não viu que preencheu os tres paramentros para o IDC pelo art. 109 para. 5º. Esse é o tipo de meliante e de mal elemento que voces obedecem como PGR. Se fosse com a mãe de voces e com seus proventos……o que voces fariam?
    PEDIDO:Peço que encaminhe esse email e anexo para o vice-procurador Da República e a todos os email do MPF do Brasil para tomada de consciencia e de atitude contra esse MARGINAL DO PGR RODRIGO JANOT.
    OBRIGADO! E VOCES SÃO CONTRA A CORRUPÇÃO PASSIVA OU ATIVA DENTRO DOS MPFs?

  3. Antonio Afonso Miotto Diz

    Mas a foto posta é de quem. Tem que se tomar o cuidado de quando postar uma notícia dessas não deixar esses furos . Quando vi a foto estampada, pensei que fosse do Delegado preso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.