Depoimentos provam que Delcidio mentiu em delação; VEJA!

0

Os advogados Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira, responsáveis pela Defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, divulgaram nesta terça-feira uma nota pública em que analisam os depoimentos do ex-executivo da Petrobras Nestor Ceveró e de sua advogada. Os dois negaram ter recebido qualquer tipo de pressão por parte de Lula para direcionar sua delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato.

Leia abaixo a íntegra da nota:




“Os depoimentos colhidos na data de hoje (8/11/2016) na 10ª Vara Federal do DF desmentem, de forma inequívoca, a delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral quanto à denuncia de obstrução de Justiça envolvendo o ex-Presidente Luiz Inacio Lula da Silva.

Foram colhidos depoimentos de Nestor Cerveró, sua advogada e outras três pessoas, que negaram qualquer ação direta ou indireta de Lula com o intuito de impedir ou retardar a delação de Cerveró.

Diferentemente de versões já divulgadas pela mídia, Cerveró não disse que sua indicação para a diretoria da BR Distribuidora foi um ato de Lula como agradecimento por qualquer fato anterior. Ele confirmou que ‘ouviu dizer’ por terceiros esta versão, citando o nome de Sandro Tordin, ex-executivo do setor privado, que não tinha nenhuma relação com Lula.

Dessa forma, a audiência de hoje deixou claro que nosso cliente não praticou qualquer ato ilícito antes, durante ou depois do cargo de Presidente da República.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.