Deputado diz que “era da fome” voltou ao Brasil com Temer

3

O deputado federal baiano Valmir Assunção (PT) diz que programas como o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), que compra alimentos dos camponeses para distribuição para pessoas de baixa renda, deixará de atender mais de 50 mil famílias, com o corte de seu orçamento de R$ 478 milhões para R$ 294 milhões, anunciado pela equipe econômica de Michel Temer.

“Isso significa menos alimentos na boca de milhares de brasileiros que são atendidos por programas sociais, ou recebem cesta básica do Governo Federal. São pessoas que poderão passar fome, por causa deste corte do governo golpista”. Para o Incra, está previsto uma redução nos programas de reconhecimento de áreas quilombolas de 48% e para a obtenção de terra para a reforma agrária em 52%. A meta de 174 mil hectares diminuiu para 27 mil hectares.

“As pessoas que há décadas estão acampadas, sob a lona preta, simplesmente serão esquecidas por Temer. Isso aumenta a violência do latifúndio, que tranquilo com a imobilidade dos seus aliados no governo federal, vê a oportunidade de avançar sob territórios, muitas vezes de forma ilegal, grilada para continuar com projetos que envenenam a nossa alimentação e o nosso solo”, diz Valmir.

A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, segundo o orçamento proposto, possuirá um valor 37% menor que a dotação atual, o que pode prejudicar milhares de trabalhadores que precisam do seguro-safra diante da seca na região.

O parlamentar ainda informa sobre os cortes no Ministério de Agricultura, onde as áreas em que os mais pobres estão envolvidos sofrerão dramaticamente. Na Companhia Nacional de Abastecimento, o programa Agropecuária Sustentável pode sofrer o corte de 33%. Há ainda queda identificada em programas que sustentam a Pesca e Aquicultura, Agropecuária Sustentável e Defesa Agropecuária. Sobre a política indígena, cujo órgão executor é a Funai, está previsto para 2017 o menor valor de aplicação livre dos últimos 10 anos.

“Em um cenário em que diversas comunidades indígenas são atacadas por fazendeiros em estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, para citar exemplos marcantes, ou mesmo do meu estado, a Bahia, o programa de Demarcação e Fiscalização de Terras Indígenas caiu de R$ 18 milhões em 2007 para R$ 15,3 milhões previstos para 2017, uma redução de 15%”, destaca Valmir.

você pode gostar também Mais do autor

3 Comentários

  1. Azzie Czach Diz

    Ayant été déjà victime des procédures de prêt couteux et long, je me suis donc finalement tourné vers MEILLEUR CREDIT qui a su me proposer un prêt rapide et sans AUCUN FRAIS à l’avance.Veuillez visiter leur site ( http://www.meilleur-credit.net )

  2. Silvana Norfolk Diz

    Having already been a victim of costly and long loan procedures, so I am finally turned to MEILLEUR CREDIT who was able to offer me a loan fast and with NO FEES to advance.Please visit their site ( http://www.meilleur-credit.net )

  3. official site Diz

    I simply want to say I am very new to blogging and site-building and honestly loved you’re web blog. More than likely I’m want to bookmark your site . You absolutely have superb articles. Cheers for sharing your website.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.