Deputado diz que perseguição midiático judicial causou a morte de dona Marisa; CONFIRA!

0

O deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) engrossou o coro dos parlamentares e líderes do PT que associam a morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia, nesta quinta-feira, 2, à “perseguição” da operação Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua família.




“Ela tinha aneurisma diagnosticado havia dez anos. Mas a perseguição pública, ilegal e abusiva que ela, os filhos e Lula vinham sofrendo teve impacto para que dona Marisa sofresse o que sofreu”, disse Damous. “Dona Marisa foi morta pelo ódio e pela abusiva perseguição midiático judicial”, acrescentou.




O presidente do PT no Rio de Janeiro, Washington Quaquá, culpou os procuradores da Lava Jato e o juiz Sérgio Moro pela morte da ex-primeira-dama. “Os moleques de Curitiba e o Moro mataram dona Marisa”, afirmou Quaqua. “Talvez não quisessem, mas a morte da ex-primeira-dama é consequência direta da forma com que eles vinham perseguindo publicamente aquela família”, afirmou Quaqua.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.