DESGOVERNO: Senadora Gleisi detona economia do governo e diz que Temer favorece exterior e aumenta crise no Brasil; SAIBA!

1

Governo Temer reduz as exigências de conteúdo local — produção industrial brasileira — na exploração de petróleo e gás ‘é mais um tiro contra a economia e contra os trabalhadores brasileiros, especialmente os 13 milhões de desempregados’, avalia a líder do PT no Senado, Gleisi Hoffmann. Os componentes que Temer pretende permitir que as empresas comprem no exterior podem até custar um pouco mais barato, mas essas aquisições vão gerar empregos do outro lado do mundo, e não no Brasil.




“É uma economia burra. É uma questão de desenvolvimento nacional”, diz a senadora. Tanto é assim que a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) lançou um alerta contra a decisão de Temer. É do estudo ‘A Política de Conteúdo Local na Indústria de Petróleo e Gás Natural’, citado pela senadora na sexta-feira em pronunciamento no plenário do Senado.




Para a Fiesp, flexibilizar a as exigências de produção nacional nos equipamentos fornecidos para a exploração petrolífera neste momento de crise é um equívoco.

“Dependendo de sua nova configuração pode levar à recessão e ao desemprego ainda mais, especialmente nos setores fornecedores de bens e serviços para extração e desenvolvimento de petróleo e gás natural. O governo Temer promove um ataque sem precedentes aos principais instrumentos de promoção da industrialização nacional”, acusa Gleisi.

A política de conteúdo local, diz ela, “não é uma jabuticaba, que só existe no Brasil”. 75% dos países em desenvolvimento e 30% dos países desenvolvidos utilizaram-se desse expediente, ainda segundo o estudo da Fiesp.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. josé carlos lima barbosa Diz

    Em 2008 Lula diz que o Pré-Sal é “bilhete premiado” do povo brasileiro. Em 2013 Snowden revelou com documentos que os EUA espionaram a Petrobras. Em 2014 os membros da Lava Jato traem a Petrobrás e o Brasil em processo nos Estados Unidos movido contra o Brasil. Em 2016 o juiz da Lava Jato impede que delatores revelem o que disseram nos processos em que ajudaram os Estados Unidos. Em 2017 o Presidente Donald Trump decreta sigilo absoluto em relação a assuntos das empresas de Petróleo americanas. Recentemente a justiça brasileira vem concedendo liminares para impedir os leilões da Petrobrás.

    Os corruptos da Lava Jato querem se safar e a moeda de troca que eles oferecem é a entrega do nosso petróleo e da engenharia brasileira. Depois que as grandes empresas brasileiras estiverem entregues, os gringos vão querer mão de obra barata para toca-las, por isso é necessário acabar com a CLT e com a Previdência Social.

    Esse jogo político não tem nem a complexidade de um jogo de xadrez, no máximo se compara a um jogo de damas.

    Portanto é de se estranhar que “jornalistas” (sic) “investigativos” (sic) deixem de tratar de um assunto tão importante e estratégico para o País como esse e fiquem atrás de atuação teatral, a mando de seus patões, a fim de distrair a população e incriminar o Presidente Lula.

    Esses jornalistas vendidos e arregados que estão enganando a nação brasileira jamais serão perdoados quando a democracia for restabelecida. Cuidado traidores, Ele, e o Povo, estão voltando.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.