E TOME CRISE: Auditores fazem manifestação contra medidas de Alckmin em SP; VEJA!

0

Os auditores fiscais do estado de São Paulo realizaram um ato na manhã desta quinta-feira (16) em protesto contra a gravidade da situação fiscal no estado conduzido pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). A mobilização alcançou 95% dos 3.500 servidores ativos da receita paulista, segundo o sindicato da categoria, e chamou a atenção da população também para a falta de debate técnico das ações da Fazenda Pública na concessão de benefícios e renúncias fiscais a empresas, com privilégios para os ricos e em prejuízo dos mais pobres.

A ação ocorreu a partir das 10h30 com os fiscais de rendas posicionados em frente às respectivas delegacias tributárias. Na capital, o ato ficou concentrado na sede da Secretaria da Fazenda, cúpula central da Fazenda Pública, onde cerca de 400 auditores se concentraram. A ação faz parte de um movimento iniciado em 1º de março que contempla as ações do fisco e alerta sobre as políticas tributárias “equivocadas” do governo entre 2008 e 2016.

Para os auditores, Alckmin maquia os dados da economia do estado, ocultando a verdadeira situação. “Em meio à pior recessão econômica da histórica, o governo paulista tenta mostrar um cenário excessivamente otimista com superávit orçamentário (…). No início do ano, o governo anunciou o superávit de R$ 1,5 bilhão e, ao mesmo tempo, congelou R$ 1,2 bilhão em investimentos previstos para 2017”, afirmou o na semana passada o Sindicato Auditores Fiscais da Receita Estadual de São Paulo (Sinafresp) em nota sobre a mobilização dos auditores.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.