Empresário confessa que matou neta de Sarney “por sexo”

0

O empresário Lucas Porto, de 37 anos, confessou que matou a sobrinha-neta de Sarney, a publicitária Mariana Costa, 33 anos. Ele era cunhado da vítima. A motivação seria uma atração que ele tinha por Mariana. As informações foram divulgadas pelo secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, em São Luís(MA).




“Ele disse que tinha uma atração muito forte pela Mariana. Disse que foi ao quarto e a encontrou sem roupa. Lá, resolveu consumar seu desejo sexual”, disse o secretário.

A polícia suspeita que, depois da violência sexual, a mulher foi morta asfixiada com um travesseiro. O caso ocorreu na noite de domingo (14), no apartamento da vítima. As informações são do G1.




Logo no início das investigações, o empresário negou ser o autor do crime, mas hoje confessou o crime, durante depoimento prestado na Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoa (SHPP)

O empresário está preso desde segunda-feira (14), quando a Justiça determinou a prisão preventiva (sem prazo para terminar). Imagens do circuito interno do condomínio onde Mariana vivia mostraram que Lucas Porto esteve no local por duas vezes no dia do crime, sendo que da segunda ele aparenta está muito nervoso.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.