Empresários colocam à venda empreiteiras e culpam Lava Jato por dívidas e obras paralisadas

1

Deixando a Operação Lava Jato com dívidas, demissões e obras paralisadas, as empreiteiras Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez têm colocado ativos importantes à venda nos últimos meses, aponta reportagem do Estado de S.Paulo neste domingo 18.

As empresas, acusadas de participar do esquema de corrupção na Petrobras, buscam compradores para negócios como o estaleiro EAS (Atlântico Sul) e as empresas Loma Negra (cimenteira) e São Lourenço (saneamento).

A Andrade pretende ser só construtora daqui em diante, enquanto a Camargo quer se tornar holding de investimentos. Há ainda na lista de vendas hidrelétricas e estádios.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. jose carlos lima barbosa Diz

    A soberania nacional está indo pro saco. Os empregos já foram. Tudo isso pra salvar centenas de políticos corruptos e juízes e promotores que são supercorruptos, os que recebem supersalários para prestarem apenas desserviço ao país.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.