Filho de Teori diz que pai estava preocupado com ‘teor’ das delações da Lava Jato, pois ‘pegava gente poderosa’

1

Francisco Zavascki, filho do ministro do STF Teori Zavascki, morto na queda de um avião na quinta-feira em Paraty (RJ), falou ao Jornal Nacional, da TV Globo, nesta sexta-feira (20) e respondeu à pergunta de um repórter sobre o porquê de ter dito que torcia para ter sido um acidente, referindo-se a tragédia que tirou a vida do relator da Lava Jato.

“Acho que tem dois aspectos: primeiro que eu não gostaria de ser órfão de um pai assassinado e segundo que seria muito ruim para um país, extremamente pernicioso para o país que se imagine que um ministro foi assassinado por causa de um processo que julgue. Acho que seria terrível para o nosso país. Por esses dois motivos eu torço para que tenha sido uma fatalidade, que tenha, sei lá, chegado a hora dele”, afirmou Francisco, de 37 anos.




O filho de Teori também foi procurado pela Folha de S.Paulo e confirmou ao jornal paulista que o pai estava bastante preocupado com o resultado que as delações da Lava Jato poderiam trazer.

“O que ele me comentou é que estava muito preocupado pela gravidade das coisas que ele tinha tido conhecimento nas delações e pelas pessoas envolvidas”, contou Francisco, acrescentando que Teori não chegou a citar nomes.




“Ele sempre foi muito reservado e eu sempre fiz questão de não querer saber muito para quando me perguntassem, eu não precisasse mentir. Eu não sabia mesmo”, disse.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. Alex Diz

    vamos ver a seletividade do FBI, vamos ver se neste caso que també envolve empresas americanas eles participam assim como perticipam quando se trata de tomar nosso petroleo e perseguir o PT.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.