Janot quer saída de Renan imediata da Presidência do Senado

0

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, defendeu o afastamento do presidente do Senado, Renan Calheiros, da presidência da Casa durante julgamento nesta quarta-feira (7) no Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com informações do G1, Janot justificou a opinião por “simples justiça”. Para ele, é preocupante o fato de Renan “ter se recusado a receber a intimação expedida pela mais alta corte de justiça do país, em dribles sucessivos, registrados e certificados pelo oficial de justiça.”

O ministro Marco Aurélio de Mello, que decidiu pelo afastamento de Renan da liderança da Casa, é o relator do julgamento.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.