“Lava Jato quer chantagear o país”, dispara Paulo Pimenta

1

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) criticou nesta quarta-feira 30, em um vídeo enviado ao 247, o que chamou de “chantagem” dos integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato, que ameaçaram renunciar aos seus cargos na investigação caso Michel Temer sancione a proposta que pune os magistrados que cometerem abuso de autoridade, aprovada ontem pela Câmara.

“Todos sem exceção são iguais perante a lei”, diz Pimenta, lembrando que a decisão da Câmara é “soberana”. Entidades do setor Judiciário criticaram duramente a inclusão, pelos deputados, da proposta do abuso de autoridade no pacote das dez medidas contra a corrupção, proposta pelo Ministério Público à Câmara.

“O juiz deve responder como cidadão. Nós não vamos aceitar uma tentativa de chantagem em relação ao Congresso Nacional”, afirma ainda Pimenta. “Nós não vamos recuar. Há um sentimento da sociedade que está cansada da corrupção, é verdade, mas também está cansada de privilégios”, diz. “Ninguém está acima da lei, essa é a hora de o Brasil fazer justiça”, finaliza.

você pode gostar também Mais do autor

1 comentário

  1. jairo silva Diz

    agora sr: janot. o senhor tem um motivo para bota na cadeia também, os tucanos envolvidos na LAVAJATO: antes que eles acabem com ela.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.