Líderes do PSD falam em apoiar Temer e deixar o centrão

0

A eleição para a presidência da Câmara, marcada para fevereiro, pode acabar com o chamado centrão na Casa. O grupo, que está enfraquecido desde a saída do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pode perder agora o PSD.

De acordo com a coluna Painel, do site do jornal Folha de S. Paulo, líderes da legenda falam em acabar com o grupo de vez. Anteriormente, o PR, outro integrante do centrão, decidiu apoiar o rival Rodrigo Maia (DEM-RJ) para as eleições da Casa.

Um cacique do PSD afirmou ao jornal que não faz sentido ter o ministro da Fazenda e manter o grupo como instrumento de pressão sobre o governo. Caso a decisão seja confirmada, o PSD passaria a integrar a base do governo de Michel Temer.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.