Moro conduz coercitivamente jornalista por suposto vazamento da Lava Jato, porém esquece divulgação ilegal de conversa de Marisa; ENTENDA!

0

O jornalista Eduardo Guimarães do blog da cidadania foi obrigado a prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro, por conta de um suposto vazamento da condução coercitiva do ex-presidente Lula no ano passado.




Segundo Moro, Guimarães teria antecipado a condução coercitiva de Lula.

O problema é que em questão de vazamentos, o juiz de Curitiba é um ‘catedrático’

Para tal afirmação, basta se recordar dos vazamentos da conversas da esposa de Lula, Mariza Letícia, com os filhos, divulgados pelo o magistrado.




As conversas nada tinham a ver com a Lava Jato. Tratava-se de conversa de foro íntimo, o que ocasionou uma ‘avacalhação’ para com o nome da ex-primeira dama brasileira.

Pouco tempo depois, Dona Marisa veio a óbito, vítima de um AVC.

CLICK POLÍTICA

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.