Moro tem abusado e bandidos delatores estão soltos, diz advogado

0

O notável advogado Kakay, Antônio Carlos de Almeida Castro, deu uma entrevista por telefone sobre a fúria de prisões na Lava Jato – não deixe de ler “Moro, Eike é gato morto”.

O Conversa Afiada reproduz trechos:

• as prisões preventivas têm sido usadas para conseguir as delações
• a pessoa pode ter ​dado​ um rombo de R$ 500 milhões… Se ela fizer delação, a regra é que ela seja solta
• temos um abuso de prisões preventivas e de prisões temporárias
• Sérgio Machado, que saqueou a República​ e​ nem preso foi
• ​u​m procurador da República, ao fazer um parecer no STJ, reconheceu que a prisão era feita para delação
• não se pode fazer mercadância com a liberdade das pessoas
• a pessoa mente, faz a delação, protege quem quiser e, se numa delação de alguma outra pessoa se provar que ela mentiu, não perde o direito
• a Lava Jato usa a prisão preventiva de forma inconstitucional
• tínhamos no Teori a segurança de um homem correto, que não deixou a espetacularização da Lava Jato invadir o Supremo
• a distribuição no Supremo tem de ser livre
• quero o enfrentamento à corrupção, mas, dentro dos limites constitucionais

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.