PERSEGUIDOR DE LULA: Dallagnol não perde tempo, ignora dia de luto, e diz que Lava Lato continua a todo vapor no Brasil

7

Os acordos de delação premiada da Odebrecht devem revelar casos de corrupção em vários Estados do país, afirmou o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, o procurador federal Deltan Dallagnol, em entrevista ao UOL.




“É natural que aconteça um desdobramento da Lava Jato com ‘filhotes’ da operação por todo o país”, disse. Ele explicou que decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) geraram desdobramentos em São Paulo, no Rio e outras operações. “O STF, em dois precedentes, entendeu que fatos que não estejam relacionados a algo próximo à Petrobras não devem tramitar em Curitiba, mas em seus Estados”, disse. “Há acordos de colaboração [premiada] que estão sendo objeto de decisão o STF”, indicou.




O procurador afirmou que a Operação está num “movimento de expansão”, com novos fatos vindo à tona, em decorrência de acordo de colaboração com indivíduos e de leniência com empresas. “Uma das áreas para qual a Lava Jato tende a se expandir é o marketing da Petrobras”, afirmou durante a entrevista concedida na semana passada. “Outra área que estamos estudando é a das instituições financeiras. Não exatamente porque não existe um controle, mas porque várias delas violaram regras para praticar atos que acabaram favorecendo a realização de crimes graves contra a sociedade”, acrescentou.

Dallagnol minimizou críticas de que a Lava Jato teria efeito negativo para a economia, ao ressaltar que o fator prejudicial é a corrupção. “Vários dos problemas que surgiram em decorrência da Lava Jato não estão ligados à atuação do Estado, mas sim às práticas dos crimes pelas pessoas que os cometeram anos atrás. Vemos ainda que corrupção e ineficiência econômica estão muitas vezes relacionadas”, disse.

Na entrevista, também evitou “polemizar” declarações de que haveria interesses estrangeiros e partidaristas na Operação. Ele não comentou “casos específicos”, como um possível pedido de prisão do ex-presidente Lula, nem sobre afastamento da PF das delações da Lava Jato.

“Existe essa crítica de que a Lava Jato é partidária porque atingiria só membros do PP, PT e PMDB. Mas existe uma razão para que isso tenha ocorrido. Essa razão é a forma como os crimes se desenvolveram”, afirmou. Dallagnol ressaltou que a investigação se debruçou por um largo momento sobre os crimes praticados na Petrobras e quem estava à frente da estatal eram pessoas indicadas pelo “partido no poder”.

“A investigação continua evoluindo e é possível e até provável que as outras frentes que estão se desenvolvendo revelem crimes praticados por uma série de outros partidos que até então não estavam implicados”, disse. “Se o STF decidir que esses casos devam ser investigados aqui em Curitiba, o tratamento que vamos dar será idêntico ao dado aos outros casos”, acrescentou.

Sobre as dez medidas contra corrupção propostas pelo MPF e rejeitadas no Congresso Nacional, Dallagnol disse que, caso voltem à Câmara, acredita-se “que as medidas poderão ser reavaliadas com mais calma e profundidade. Sobretudo considerando que quando elas tramitaram na comissão especial, elas foram aprovadas na sua maior parte”. Com informações do Estadão Conteúdo.

você pode gostar também Mais do autor

7 Comentários

  1. Sandra Santos Diz

    Tem gente aqui jasentindo os rigores da lei nos corruptos, Dr. Moro, o MP, e suas equipes mostram trabalho, a nação brasileira quer e exige que a lei seja cumprida, lugar de ladrão é na cadeia, o povo brasileiro os apoiam, parabenizamos nossa Policia Federal e todo o MP, voces são nosso orgulho, se mexerem com vcs, mexem com toda a nação brasileira!!!!Deus é contigo Dr. Moro!!!

  2. Mortadela Azeda Diz

    Ainda tem macho nesse país. Prende logo esse meliante vagabundo.

  3. Esther Torinho Diz

    Ah, é ? E a blindagem ao Moreira Franco?
    E o fator prejudicial é a corrupção? Então, a Vaza Jato acabou com a corrupção. São todos santos, agora! E a Vaza Jato recuperou quanto, de toda a corrupção? Recuperou tão pouco que nem valeu a pena ter destruído tantos postos de trabalho, levando a economia ao caos.
    Conta outra, Dallagonol.
    Outra coisa: não vai ter Power Point sobre a blindagem ao Moreira Franco?
    Nem sobre as delações da Odebrecht?

  4. Rogério Carvalho Diz

    Sempre imagino que os “seguidores” e comparsas de Lula imaginam ter ele o pênis de ouro e o saco escrotal de veludo! Pergunto: por que que a Lava-Jato tem que parar, para o “trenzinho” de Lula passar? Esse vagabundo não deveria nem receber visitas na cadeia, por ser tão danoso ao país, juntamente com sua claque criminosa. Pena sermos um país feitos por primatas e sub-raça subdesenvolvida que não sabe se portar como gente! Lamento a morte da Marisa, mas pra mim ela é apenas mais um número na estatística de alguém que morre todo o dia no Brasil, inclusive por causa da roubalheira que Lula e outros vivos protagonizaram.

  5. Carla Jacinto Silva Diz

    pega essa mangueira da lava jato e enfia no teu cu e de moro bandidos

  6. CARLOS ROCHA Diz

    Esse Blog não é de credibilidade. Inventa notícias para acirrar os ânimos da esquerda mais do que já está.

    1. Sandra Santos Diz

      nem ai com os nervinhos dos esquerdopatas, pq eles não se mudam pra cuba? O bandido mor precisa ir em cana, e os esquerdinha vão comer a cueca de raiva, kkkkkkkkk

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.