PREOCUPADO: Temer esquenta cabeça para encontrar forma de librar FGTS; CONFIRA!

0

A lei brasileira é clara: para que seja feito um saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), o beneficiário precisa ir até uma agência da Caixa Econômica Federal e assinar uma documentação. A determinação bate de frente com a liberação dos saques de contas inativas agendado para 13 de março pelo governo Temer.

Especialistas ouvidos pelo jornal O Globo dizem que a equipe de Michel Temer procura, agora, uma forma legal de permitir que a Caixa faça o crédito na conta do beneficiário que é correntista do banco. E que ainda dê conta do aumento da demanda. A hipótese mais provável é que o presidente edite decreto sobre o tema.

No início desta semana, a especulação era de que o governo pretende delimitar o número de trabalhadores que poderão sacar o benefício.

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, o poder público tomou conhecimento que cerca de 2% dessas contas inativas concentram um saldo muito alto e, certamente, devem pertencer a pessoas com maior renda.

Para conter o saque “desenfreado”, o governo criará mecanismos para informar à população algumas alternativas que podem ser adotadas. De acordo com a reportagem, a possível restrição atingiria somente essas contas.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.