Relator da reforma do ensino é magnata da educação privada

4

O relator da Medida Provisória (MP) da reforma do ensino médio, Pedro Chaves (PSC-MS), detém um império de educação privada do Mato Grosso do Sul.

Em 2006, ele vendeu a universidade privada que era proprietário, a Uniderp, para o grupo Anhanguera por cerca de R$ 200 milhões. Além disso, ele é dono de um dos colégios mais tradicionais de Campo Grande, o Mace.




Em 2010, quando concorreu como suplente do senador cassado Delcídio Amaral (ex-PT-MS), Chaves declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 69 milhões.

Em entrevista ao BuzzFeed Brasil, o senador afirmou que não há conflito de interesses entre sua atividade empresarial e o posto de relator da reforma do ensino médio no Brasil.

você pode gostar também Mais do autor

4 Comentários

  1. Germano Maia Diz

    Isto tudo não é novidade. Na maioria dos municípios brasileiros a Secretário(a) de educação é dono(a) do melhor colégio particular. Chegamos ao ponto que o aluno tem que ser bom, por que se depender do ensino para crescer já sabe onde vai o parar os recursos do Fundeb.

  2. Edvaldo Diz

    Ora, ora. foi bom ficar ciente dessa HISTÓRIA. A qual deve ser motivo de analise, com uma pergunto : Por que será que querem acabar com a escola pública ?

  3. MARCOS APARECIDO MARANGONI Diz

    APOSTO NO GRUPO 25…QUAL MESMO O SEU PALPITE PRA HOJE?

  4. Pedro Saturnino Vieira Magalhães Diz

    Realmente, nenhum conflito de interesse! Só para pensar: se quando este cara começou houvesse ensino público integral e de boa qualidade… Elle teria morrido de fome e não ficaria milionário! Nenhum conflito!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.