Requião rebate Moro e dispara, “Brasil sobreviverá à Odebrecht, porém não aos desmandos de Temer”

3

Paraná 247 – Lembrando a frase atribuída ao juiz Sérgio Moro pela revista Veja neste fim de semana, em que o magistrado diz esperar que o Brasil “sobreviva” ao acordo de delação firmado entre a Odebrecht e o Ministério Público no âmbito da Lava Jato, o senador Roberto Requião (PMDB-PR) afirmou pelo Twitter neste domingo 30 que “não há dúvida” que o Brasil resistirá à denúncia da Odebrecht. Porém, não deve resistir “à proposta da selvageria do liberalismo” do governo de Michel Temer.

“Não há dúvida que o Brasil resiste à denúncia da Odebrecht. O que não deve resistir é à proposta da selvageria do liberalismo. Felizmente!”, publicou o senador. “É triste e inimagináveis as razões que levam o congresso nacional a aderir a predação proposta pelo Meireles e o capital financeiro. A proposta de congelamento de gastos acompanhada da liberação para pagamento de juros da dívida não auditada é uma regressão à barbárie”, criticou em seguida.

“Sem mais adjetivos, a PEC 241/55 é uma rematada besteira. Por ex, quebrou a perna, e não pode tratá-la por ter que pagar juros a rentistas?”, questionou ainda Requião. Ele comentou também a denúncia da Odebrecht contra José Serra: “Para mim é bem claro que um sujeito com vocação de ministro das relações exteriores tenha recebido um Pixuleco fora do Brasil. LÓGICO!”.

você pode gostar também Mais do autor

3 Comentários

  1. Roberto Diz

    DATA SENHORES.

    OS TEXTOS PRECISAM SER DATADOS.

    DATAS

    DATAS

    DATAS

    “NESTE FIM DE SEMANA” … quando foi o fim de semana se não há uma data no texto ?

    TEXTOS PRECISAM TER DATA !!!

  2. JOSÉ FLAVIO BRUNO Diz

    PORQUÊ A PRESIDENTE QUE É GOLPISTA NÃO CORTOU ESSA VERBA? NINGUÉM FALOU NADA QUANDO A PRESIDENTE QUE NÃO É GOLPISTA PAGAVA.

  3. Aldori Pinheiro Diz

    Quero saber se essa PEC vai servir também para cortar a incontrolável verba publicitária que a globo recebe generosamente todos os anos.
    São bilhões!
    Será Temer golpista!!!!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.